Neste final de semana 09 e 10 de Março aconteceu na Cidade de Pedro Juan Caballero o IV Treinamento Payasonrisa Voluntario, capacitando 20 novos voluntarios, dentre eles a maioria estudantes de Medicina das distintas universidades fronteiriças. “Hospital Clown” é a oficina que aconteceu na ‘Universidad Columbia del Paraguay” o treinamento ficou a cargo da diretora do “Dr. Payasonrisa”, Tamara Djundi e sua auxiliar Dorys, de Assunção, e a Representante de PJC Gabriela Bampi, onde seminários foram realizados com grande sucesso.

O objetivo do projeto é estender o trabalho do “palhaço do hospital” nos dois lados da fronteira (Brasil e Paraguay) há mais pessoas que desejam fazer este voluntariado no coração.

TRANSPORTE DA FELICIDADE AOS HOSPITAIS “estamos procurando mais voluntários para participar deste trabalho para estimular os pacientes hospitalizados, assim preparam mais “médicos do riso” que estão preparados para trabalhar constantemente para as necessidades dos pacientes em diferentes hospitais e, assim, dramatizar sua permanência com a terapia do riso. Nossa presença, tratamento aberto, direto, sincero e atenção constante representam em si um apoio emocional, porque cada pai sabe bem que por trás de nossa maquiagem escassa existe uma pessoa realmente interessada no que vê. Isso o acompanha e que ele estará lá para ele. Nem sempre o palhaço é riso. Muitas vezes é calmo, ombro e recipiente. E é sempre um olho e um ouvido para quem precisa.” Diz Ivis Cristina, estudante de Medicina e voluntária Payasonrisa

“Dr. PayaSonrisa é algo gratificante é viver um dia de cada vez, enfrentando as dificuldades sempre com um sorriso no rosto. A Capacitação Paya onrisa é muito vailosa para o seu bem estar, psíquico e mental.  Ver leveza onde a vida parece pesada. Ver alegria onde a vida parece triste. Ver graça onde a vida parece séria, ver sorrisos onde a vida parece rancor. Ver amor onde a vida parece solidão. Deixar o riso correr solto onde o choro aperta. Isso é ser Dr. PAYASONRISA levar o Riso onde mais se precisa! Hoje sou um dos colaboradores do projeto no qual me sinto honrado de fazer parte pois isso é uma cura constante não do corpo, mas sim da alma. Ressalta Kléber, estudante de Medicina e coordenador voluntário Payasonrisa.

Ivis Cristina Santana Silva

Estudante do 4º ano de Medicina

Voluntária Dr Payasonrisa

Seja um associado AMEEX: