O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez anunciou na tarde deste sábado (14) o fechamento parcial da fronteira do país a partir da segunda-feira (16). Na ocasião também será realizada uma teleconferência com líderes da região para um acordo conjunto. O país acumula 7 casos confirmados de coronavírus (Covid-19).

De acordo com o site ABC Color, o presidente declarou que o fechamento parcial consiste na redução de receitas e despesas da fronteira. “Estamos trabalhando com as migrações agora, uma proposta será apresentada”, disse ele.

Abdo afirmou ainda que dará mais detalhes sobre o assunto na segunda-feira, mas destacou que a quantidade de passagens será reduzida e a intenção é ter um maior controle do local.

Ainda conforme o ABC Color, o presidente pediu para que a população se mantenha em casa e, mesmo que alguns não acreditem, o poder da oração salvará a nação.

“Que eles fiquem em casa por um fim de semana não lhes fará nada: vamos mimar nossa esposa, vamos ficar com nossos filhos, vamos ficar em casa, vamos ficar cercados por nossa família e orar; Sei que alguns não acreditam, mas o poder da oração é o que salvará nossa nação “, enfatizou.

Quarentena

Na última terça-feria (10), após confirmação de três casos de coronavírus (Covid-19) o Paraguai entrou em quarentena de 15 dias.

Além da interrupção de eventos como shows, partidas de futebol e celebrações religiosas, as aulas também foram suspensas no país.

Fonte: midiamax